Selic: Copom reduz juros em 0,25 ponto percentual em decisão dividida

A nova taxa Selic passa de 10,75% para 10,50% ao ano.

O Comitê de Política Monetária (Copom) reduziu a Selic em 0,25 ponto percentual na reunião desta quarta (8). Este é o primeiro corte desta magnitude na taxa básica de juros desde que o Banco Central deu início ao seu afrouxamento monetário.

Antes disso, foram seis cortes de 0,50 p.p. Com isso, a Selic passa de 10,75% para 10,50% ao ano — trata-se do menor patamar de juros desde março de 2022.

A decisão de hoje corresponde com parte das apostas do mercado. A decisão não foi unânime; 5 membros do Copom defenderam corte de 0,25 ponto percentual e 4 de 0,50 ponto; Campos Neto defendeu corte menor. Além disso, o Federal Reserve optou por manter os juros americanos altos por mais tempo.

Campos Neto alertou sobre pressão inflacionária
Na semana passada, presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, alertou sobre a pressão inflacionária que ainda não está extinta no Brasil.

Em entrevista à CNN Brasil, Campos Neto destacou que a atenção da autoridade monetária é em relação ao setor de serviços, principalmente em relação aos serviços intensivos, que demandam mais mão de obra.

“Existe essa preocupação, porque há uma incerteza de como a mão de obra apertada influencia a parte de serviços. Esse indicativo de pressão inflacionária apareceu em dois ou três números de inflação, mas recentemente está um pouco melhor”, afirma.

Além disso, Campos Neto apontou que o cenário do mercado de trabalho indica emprego pleno no país, o que também deixa o Banco Central em alerta para um aumento da inflação.

Fonte: Money Times


Outros conteúdos

Dólar fecha em alta firme, acima de R$ 5,20

O dólar à vista encerrou o dia cotado a 5,2103 reais na venda, em alta de 1,10%. Este é o maior valor de fechamento desde 18 de abril

IPCA-15 sobe 0,44% em Maio, mas vem abaixo do esperado

No acumulado em 12 meses, indicador ficou em 3,7%, de acordo com dados divulgados pelo IBGE